mai
17
2012

Caso Itanium entre Oracle e HP ganha mais um capítulo

A briga entre Oracle e HP no caso Itanium ganha mais um capítulo. Nesta segunda-feira (14/5), o juiz que está à frente do caso analisou os argumentos das partes para dar início ao julgamento, que deverá acontecer no próximo mês.

A companhia californiana havia assumido compromisso com a HP de continuar a oferecer seu conjunto de produtos em plataformas de servidores HP, mas em março de 2011 anunciou que encerraria o desenvolvimento de aplicações para máquinas equipadas com processadores Intel Itanium.

Na avaliação do Tribunal “não é irracional interpretar a reafirmação de provisão como uma imposição a Oracle de continuar a oferecer produtos para a plataforma HP, a linguagem simples é facilmente suscetível a essa interpretação. Previamente, antes da contratação de [Mark] Hurd, existia uma obrigação clara e consistente em que a Oracle oferecia seus produtos [suíte, ou pacote] para toda plataforma HP sem acordos de portabilidades escritos ou pagamentos”.

Assim, o Tribunal de Justiça não viu contradição inerente na “reafirmação” que o acordo vai continuar daqui para frente.

Sobre o resultado a HP disse em nota que “a HP está satisfeita que o Tribunal de Justiça decidiu que o acordo entre HP e Oracle pode ser interpretado de maneira que exige a Oracle a continuar a oferecer portabilidade de seus produtos de software para a plataforma HP Integrity, como a Oracle fez por anos antes do acordo”.

.

Fonte: Originalmente publicado por ComputerWorld em 16 de maio de 2012 – 16h40